• Arquivos

  • Calendar

    February 2014
    M T W T F S S
    « Jan   Apr »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    2425262728  
  •  
  •  

Vamos para o terceiro quiz do site! Essa semana trouxe uma pergunta um pouco mais difícil que as anteriores. Justamente porque ela está disfarçada como uma situação muito simples e fácil. Essa vai para os fortes!

Lembrem-se que a tela da diversas informações extras que vocês podem usar. Dados do Poker Tracker, tamanho dos stacks, momento do torneio, … Também é importante lembrar que não há somente uma resposta certa no poker. Por esse motivo, as argumentações sobre que linha escolher são importantes.

Os comentários estão abertos para quem quiser analisar e concorrer a até U$33 em prêmios no Poker Stars! Vocês tem até o dia 23 para responder! Participem. São válidos para a disputa todos os comentários colocados abaixo do post.

Boa sorte!

24 thoughts on “Quiz – Número 3 – KQ no turn: fácil ou muito complicado?

  1. Ademar de Moraes

    Ao meu ver a jogada correta é FOLD! Visto que diminuiu os outs dele para melhorar o seu jogo ao bater o 4 de espadas no turn, vejo que dentro dos range de mãos do adversário pelas suas apostas, com seu cbet no flop e no turn, o KQo estará ganhando de poucas mãos das possíveis mãos do vilão! Além de ele ter um stack bom pra trabalhar as fichas e balancear seu jogo, e poder escolher uma mão melhor, q se sente mais seguro, para apostar todas suas fichas!

  2. VanderVasco7

    Por estar eu estar Deep o Call de KQo no botão eu tbm pagaria, No Flop o Bet dele eu encaro que ele teria no Range dele tem as duas de espada e também Q9s, A90 com o A de espada e betou no 1/3 do pot por valor, No turn veio a espada que completa um possível draw e o bet dele mostra valor, no caso se oLeo da o call o vilão ia ficar comitado com o pot e o bet dele foi para encaixar o all in dele no River, eu foldaria fácil no Turn.

  3. Vamos lá…como eu não uso o HM não to muito por dentro do que significa os stats ali então não vou comentar sobre isso… primeiro acho o seguinte, o range de raise do MP2 tende a acertar muitas vezes esse flop… então só call no flop acho justo, pra controlar o pote mesmo tendo top pair com um kicker muito bom e duas pontas… quando bate o turn e o vilão beta de novo pouco mais de 1/2 pote, acho difícil ele jogar esse segundo barril com ar total… então ele provavelmente acertou algo no flop, um range de raise pré flop ali do MP2 com 28bb´s acredito que seria algo parecido com 22+, A8s+, A9o+,KTs+, KJo+, TJs, e alguns Suited Conectors se for agroo, se for um vilão mais agroo um pouco mais solto que isso, se for mais tight um pouco mais fechado que isso e desse range esse flop acerta muita coisa… 2 pares, 2 pontas, sequencia feita, trinca, top pair, top kicker, então apesar de termos uma mão com uma boa equidade nesse flop, ainda estamos perdendo de muita coisa que está no range do vilão… então é pot control ao extremo… ainda mais que o turn trouxe uma carta que fecha um flush e nós não estamos defendidos com uma carta de espada alta… outra coisa importante é o seguinte, se dermos call, o pote vai pra 460k e o vilão vai ficar com 355k pra trás, o que torna um shove da parte do vilão bem standart… se ele acertou 2 pares, trinca, etc.. é o que ele vai fazer provavelmente… então aqui na minha visão, qualquer carta de espada praticamente arruinou nossa mão, uma Q complica nosso call river, o que nos ajuda é apenas os 9 e os A tirando os de espada e outro K talves pq ele já pode estar trincado e completar um full… então temos que realmente nos ajudam mesmo 6 outs… pra enfrentar um shove de 355k no river que é o que vai acontecer muitas vezes porque o vilão está se comitando total com esse bet turn… então eu acho o fold bom, porque ou estamos bem pouco na frente ou muito atrás… muito mais cartas ajudam o vilão do que agente no river… então pra mim é easy fold e agente recupera nun spot melhor, temos que querer jogar potes grandes em situações exelentes pra gente, e essa não é uma exelente, nem muito boa é na verdade… então pra mim fold… mas gostaria de deixar claro que como o vilão está comitado no pote, se alguém der call nesse turn e largar pro shove do vilão ai é muito ruim, pq isso estava na cara… vamos tomar a decisão no turn… se pagar o turn não larga mais no river porque na minha opinião o mão já está decidida ai, pouca coisa que bater no river vai mudar quem estava na frente… é isso ai valeu

  4. Raul Pestana

    Primeiro o vilão da raise de metade do pote, demonstrando que tem uma mão de valor e quer que você pague, caso fosse par baixo talvez ele só daria call pra ver o flop, ele pode ter um par alto, JJ, AA, QQ, ou A10s, AJs, Q9s, alguma mão considerável, o stack dele não é dos mais baixos, parece ser tight, no turn ele da um CBET mais uma vez 50% querendo que pague, não tem cara de blefe, talvez ele tenha acertando um flush ou ou uma sequência, eu acho que o ideal nessa mão é dar fold o pote não está gigante, mesmo tendo 2 pontas ou um par maior eu não contaria com isso.

  5. Mauricio Masumoto

    Grande Leo,um prazer participar desse Quiz.. tomara que ganhe!!
    Vamos la.
    Eu dou fold nessa situação,

    1°Não tenho nenhuma carta de espada
    2° Como é praticamente semi Ft não ha necessidade de se envolver em um pote gigante sendo que não tenho o nuts
    3° Posso estar atras de muita coisa, TT,JJ,AA,KK,AQ,AK, e ainda bateu a terceira de espada, sendo possível o vilão ja ter o flush.. pra mim fold fácil!!

    Abs.

  6. Leonardo Martins de Oliveira

    Olá Leo.

    Primeiro quero agradecer pela oportunidade que você dá as pessoas que estão começando a jogar poker. Li seus livros e eles me ajudaram muito no crescimento do meu jogo. Tentei expor minha analise melhor possível de como as ações transcorrem e o que eu faria nessa situação.

    No pré-flop a ação ocorre com o jogador no HJ efetuando miniraise, esse jogador é bastante tight se analisarmos os dados no pokertracker, porém temos apenas 65 maõs no banco de dados e os números podem não ser muito confiáveis. Por ser quase uma mesa semifinal de torneiro, necessidade de ser mais agressivo, ter vantagem no stack e posição ou ter mais informações sobre o jogador uma 3bet poderia ser feita visto que o jogador tem 100% fold para 3bet. Optamos pelo call, que também é uma boa ação pois é um jogador que joga apenas 17% das maõs e da raise em 11%.
    No flop JTKss acertamos o top pair e 2 pontas. Uma continuation bet pelo nosso adversário é esperada, 1/3 do pote, não podemos colocá-lo num range mais específico pois ele efetuaria essa CB acertando ou não e esse flop acerta nosso range de mãos. Podemos estar na frente mas um raise não acho necessário e manter o controle do pote com apenas call foi ideal.
    O turn tráz um 4s, completando um possível flush. O adversário aposta 120k num pote de 222k, ficando com 18BB pra tras nos dando odds de aproximadamente 1:2.
    Essa aposta me parece que ele esta querendo proteger alguma mão que não julga confiável, talvez um top pair e top kicker, dois pares menores, talvez um set querendo protejer de um possível flushdraw ou 2 pontas que ele imagina que teríamos.
    Analisando as nossas opções se fizermos o call o pote ficaria com 420k, então quase certeza que ele irá all-in com seus 355k que ficaram pra trás, e nos colocaria numa situação difícil se não trouxesse nossa sequência ou mais uma carta de esparadas, além disso nossas odds para sequência são 1:6, mostrando que não é vantajoso numa aposta de 1:2. Caso fosse pagar a aposta o melhor a ser feito seria um raise allin na esperança do jogador largar. Na minha opinião não acho que estejamos na frente, e perdemos somente 4,5BB o que não nos compromete com o pote, o jogador é tight/passivo, não o coloco em um blefe, por isso minha decisão seria foldar a mão ganhar fichas nessa fase fazendo pressão nos adversários sendo agressor e não dando calls.

  7. Primeiramente, boa tarde a todos!
    Importante mencionar também o prazer de participar dessa oportunidade do Leo Bello! Grande iniciativa!
    Sobre o spot:
    Easy fold!
    não tenho competência para avaliar esse pré-flop, principalmente por não saber interpretar o pokertracker, por isso, sem essas informações, acho que o flat foi correto (uma mão relativamente boa para explorar o pós-flop)
    Daí o erro que enxerguei… como o próprio Leo Bello ensina, esse bet do vilão indica fraqueza ou muita força, mas parecia um block… diante disso, uma 3-bet seria ideal, até pq com esse flop o hero ficou gigante e para extrair valor (ou até mesmo pra ver onde estava pisando)seria mais inteligente o re-raise…
    Com esse turn a coisa ficou feia… ases naipados estão claramente no range do vilão e, além disso, o bet foi bom (o que representa bem o nuts). Sendo assim, fold fácil. O hero ficou de mãos atadas… raise nem pensar, pois só toma call perdendo…
    o call também não me parece a melhor opção, pois independente do river provavelmente o vilão empurra a carrocinha de pipoca inteira e se o hero não se desconectar desse pote, ou da sua mão, provavelmente perderá muitas fichas, prejudicando o seu torneio.
    Acho que é isso. Espero ter ido bem!
    Forte abraço.

  8. Para começar a análise da mão temos que olhar os dados do vilão que está sentado no hijack, que apesar de ter relativamente poucas mãos no nosso banco de dados (apenas 65), nesse caso podemos até agredecer por este número ser pequeno e representar a postura que o jogador está tendo neste momento do torneio que esta próximo do fim. É de saltar aos olhos o seu Agro Factor ridiculamente baixo de 0,25, e a quantidade de vezes que chegou ao showdown que é demasiadamente alta, 67% das vezes, tendo isso em mente podemos classificá-lo facilmente como um calling station e tenho até dificuldade em entender como ele chegou tão longe no torneio com esses números. Sabendo como o jogador se caracteriza já descobrimos também como explorá-lo, basta esperar uma mão de valor e extrair o máximo possível nesse caso.

    Análise da mão

    Flop
    O vilão tem um pré-flop raise dentro do normal, na casa de 17, logo podemos colocar um range de + ou – 20% para que ele tenha aberto desta posição a princípio com suas 28BBs, logo o call do herói de 2 BBs está justificado no pré-flop.
    Quando abre o flop e temos Top Pair e ainda o redraw de duas pontas para um straight nos vemos numa situacao aparentemente confortável, onde basta extrair o valor como pretendíamos. Porém o vilão executa uma C-bet e então devemos nos atentar a outro indicador que é o de C-bet, no caso como temos poucas mãos do jogador ele só teve 1 oportunidade de C-betar e o fez, portanto como flopamos bem não haveria de fato motivo para não efetuar o call como o herói o fez.

    Turn
    Abre um 4c e o vilão dispara o second barrel que sempre é preocupante no caso de calling stations, então temos que repensar o range dele, que inclui todas as broadway cards, pares de 99 ou TT+ e alguns suited conectors talvez, com isso em mente percebemos que não está longe dele ter um K melhor que o nosso, visto que o único K pior que o nosso seria um K9 que talvez nem esteja no range dele, além disso temos que nos preocupar com os JT, TT, JJ e suited conectors que flusharam, nesse último caso estaríamos drawing dead, portando temos 2 opções:
    Fold – Caminho mais simples visto que continuamos com um stack saudável e haverá melhores situaçoes para conseguir fichas
    Call – na espectativa de acertar alguma das duas pontas no river e bater a possível trinca ou 2 pares.
    Para decidir entre os dois eu usaria o pot odds para ficar fácil, o bet foi de 120k num pot de 222k, o que nos da 0,54 de odds, porém só faremos o straight no river 17% das vezes, vencendo apenas se o vilão já nao estiver flushado, e ainda se ele tiver uma carta de espadas na mã, perdemos 2 dos nossos 8 outs para o river, nos deixando numa situação pior ainda, portando o FOLD é de longe a melhor opção.

  9. Diogo Cobucci

    Primeiro quero agradecer pelo premio no ultimo quiz e dizer que adorei a seção, é um ótimo exercício fazer essas analises .

    Agora vamos a mão:

    O raise dele pré flop em posição media na mesa
    não costuma ser uma posição de roubo, e se ele
    está prestando atenção a mesa ou usando algum
    software como o poker tracker, ele vai perceber
    que os blinds costumam jogar muitas mãos o smal blind
    23/22 e o big blind 26/19.
    Estamos na mesa semi final e alguns jogadores
    tendem a jogar com menos mãos , com interesse
    de chegar na mesa final. Enquanto outros tendem a
    se aproveitar disso sendo mais agressivos.

    Com que mãos ele poderia ter dado o raise pré flop
    e apostar no flop e turn?
    Ele pode ter uma mão de valor como AA , KK , JJ, QQ
    , Ak, TT e AQ. , pode ter Um Ax Com o A de espadas,
    qualquer A x com duas cartas de espadas, também é
    possível QJ, QT e QK.
    E pode ainda estar blefando com um par menor do que T
    ou algumas mãos que erraram completamente o flop.

    Fold – Ainda temos 51 big blinds , e podemos seguir
    tranquilamente no jogo. O board está um tanto
    perigoso e o Vilão vem demonstrando força na mão,
    por não termos informações se esse jogador tem
    alguma tendência a blefar , essa é uma boa opção já que
    mesmo se estivermos ainda na frente no turn , o river
    pode trazer uma carta de espadas ou uma Q que
    fariam que o vilão acertasse um semi blefe.

    Call -Com o call de 6 bbs e construimos um pote de
    22 bbs, ficando com uma stack efetiva de 17 bbs.
    Se optarmos pelo call temos de pensar o que fazer
    no river, temos de dar fold caso o river seja uma
    carta de espadas ou uma Q e o vilão continue apostando
    mas podemos blefar caso ele de check ou faça uma
    aposta muito pequena. Se o river vier com uma carta
    em branco que provavelmente nao muda nada como
    um 2 de paus , e o vilão apostar é possível
    considerar o call apenas se tivermos alguma
    informação de que ele faz blefes desse tipo
    sem informações fold, se ele der check, damos check
    atras por que temos valor de show down.
    Se o river vier completando a sequencia sem carta
    de espada, e o vilão der check , check atras por que só seremos pagos
    por mãos que estariam na frente como um flush, ou se
    a sequencia for feita com o 9 no river perdemos para um
    A Q que provavelmente nao ira largar. caso ele aposte
    all in ficamos em uma situação complicada por que o pote
    está muito grande, e só estamos ganhando de blefes.
    O call só é viável se soubermos que esse
    jogador blefa muito nesse caso optamos por apenas pagar
    e deixar que ele continue blefando

    Raise- Se optarmos pelo raise deve ser all in
    por que um mini raise não faria muita diferença
    devido o tamanho das stacks.
    Estando na mesa semifinal lembramos que alguns
    jogadores estão jogando mais seguros então é possível
    que ele acabe foldando mãos que estão na nossa frente
    como Ak, AA, alguma trinca, e talvez até uma sequencia
    já que o turn trouxe uma carta de espadas e seria
    possivel jogarmos da mesma forma caso tivéssemos o
    flush, quando somos pagos por essas mãos ainda temos
    uma equidade de melhorar nossa mão no river e levarmos
    o pote. Acredito que ele também daria fold se tivesse um semi blefe
    mas se fossemos pagos nesse caso temos uma boa equidade.
    Se o vilão tiver o flush não teremos mais chance
    e muito dificilmente ele vai dar fold.
    Quando ele estiver blefando vai dar fold para o nosso raise
    e levaremos o pote.

    Eu fico com o fold por não ter informações, o call seria possivel em alguns casos.

  10. para mim a joga seria call,
    meu planejamneto – (se eu decido da call nesse flop tem que ser por valor do meu top par então jogo a mão por valor)
    Então:
    fold – Com medo de flush não tem sentido, porque ele vai dar o second barril em 80% das vezes, se não deveria larga flop.
    3bet all in: não e a jogada mais lucrativa eu tiro um possivel blefe de meu oponente e so levo call do flush facilindo a ação do vilão,
    dando o call eu mantenho o valor do meu top par controlando o pote em caso de blefe eu permito que ele volte a blefar o river
    ou ate mesmo abortando a ação,

    A minha decisão se confirma no bet size do oponente, com essa aposta de mais de meio pote no turn eu não coloco o vilão em flush nem trincas
    e sim em um possivel draw (um suite conect), medio parou até top par.. (70% em blefe ou semi-blefe e apenas 30% de valor em um”Trap”)
    Sendo assim eu daria o call seguindo as minhas odds e a minha leitura da ação do vilão!

  11. Call PF:
    – O vilão tem menos de 30BB. Um 3bet pode isolar ele mas deixa ele com pouco pra foldar no pós flop.
    – O BB tb tem menos de 30BB e é um jogador mais Loose/Agressivo. Um 3bet aqui pode inflar o pote e atrair um squeeze dele ficando mto difícil pra gente pagar 24bb’s com KQo.
    – Podemos pagar 40k num pote de 125k pra jogar com 2 broadways IP.

    FLOP:
    – No flop o bet do vilão é fraco (pouco mais de 1/3). Um raise não faz ele pagar com nada pior e se ele shova a gente blefa nosso top pair + draw.
    – Mesmo com o flush draw, nós temos OESD + TPGK. E nosso call mantém o range pior dele na mão.

    TURN:
    – O bet foi de pouco mais de 1/2 pote. Se dermos call o pote fica com 460k e o vilão com um stack de 355k pra trás. Se bater uma espadas no river é horrível pra dar call. E acho difícil um vilão tight vir de bet bet bet num board wet assim sem algo melhor que nosso K.
    – Pra mim aqui é fold ou shove. Dando fold não perdemos pra AK, straight, two pair, set e flushs. Shove nós jogamos pelo fold das Q, J, draws (dos quais já estamos na frente) e extraimos de algumas Q que pagam, K mais fracos e draws que não acertem o river.
    – Temos na verdade poucos outs pra melhorar nossa mão que mesmo acertando pode já estar atrás.

    Eu jogaria de fold pq acho que no turn nosso range tá atrás do range do vilão (tight) e nosso stack continua bom pra jogar agredindo e não passivando.

  12. Osvaldo Martins

    Olá Leo e demais concorrentes, boa sorte a todos.
    Bom, esse caso realmente é um dos mais, ou até o mais difícil de ser analisado, ainda mais no calor do jogo.
    Nosso adversário, realizou com 28 BB’s um mini bet. Isso nos revela uma possível grande mão, ou apenas uma mão marginal, onde ele se sentiu confortável de jogar, por estar em late position.
    O call portanto, foi definitivamente correto.
    A grande informação está aqui, no flop! No bordo JsTcKs, o torneio estar em reta semi final e se tratar de um mtt regular, o valor do bet do adversário, nos demonstra FRAQUEZA.
    Se ele tivesse uma trinca formada, flush draw o straight draw, esse “imposto” feito por ele seria, sem dúvidas, maior.
    Esse movimento dele, só estaria correto, se já tivesse em mãos o straight formado (Q9 ou AQ).
    Dito isso, a nossa jogada mais correta, seria aplicar uma 3-bet no flop, principalmente para nos situarmos, perante a mão do adversário.
    Já no turn, com o 4s, o bet dele nos demonstra muita força.
    Se ele tiver o flush, realmente ele jogou certo, porém é uma visão muito sofisticada para qualquer jogador refletir no “calor do jogo”.
    Esse bet agressivo do adversário, passa no dissernimento da maioria, que ele ficou desconfortável com o draw de espadas no turn e que possivelmnete está aplicando uma donkey bet, atraindo ainda mais a curiosidade do adversário.
    Caso nós não pagássemos a mão, ele não teria nada a perder, porque a jogada provavelmente seguiria em slowplay do adversário até o fim.
    Mas, como disse antes, provavelmente ele não tem o flush. Pelo pequeno bet imposto por ele no flop, pelo alto valor de bet imposto no turn,(demonstração de medo pela maioria) e até pela estatística.
    Com quais mãos ele mini betaria no pre flop e tivessem 2 espadas? 9Ts, A9s e ATs, apenas.
    Se ele tivesse AQs, provavelmente a atitude dele pre flop seria outra.
    Contudo, não vejo outra alternativa a foldarmos a mão. Provavelmente, nosso vilão acertou na loteria e hitou 2 pares no flop ou trincou no turn.
    Muito obrigado pela oportunidade e espero ter me feito entender, abraço.

  13. Considerando a maneira passiva com que jogou toda a mão sem controlar o pot, mesmo pós-flop deu call com top pair e duas pontas.
    Nesse momento após todo o desenrolar da jogada e verificando a estatística do vilão, eu daria o all-in dele, fazendo-o deixar a mão.
    O vilão quis parecer ter o flush, porém acredito que ele tenha JT ou JQ mas sem espadas.

  14. Otavio Henrique

    Na minha opinião o certo seria o fold, pois o raise pré flop mostra força, o c-bet dele eu encaro como uma blocker bet ou uma aposta chamando o call, acredito que no turn ele acerta o flush e vai pra cima, sem contar que se ele realmente acertou o flush o Leo não tem mais como ganhar, portanto acho que o fold é a jogada mais lucrativa.

  15. uiler camilo

    bem primeiramente a jogada na minha opiniao comecou errada era para defender o botao dando um raise o jogador do limp pode estar jogando por pares pequenos 33,44,55 ate 66, segundo o cara nao esta jogando por flush senao teria betado mais para tomar uma 3-bet e abracar tudo depois !!!! e terceiro era para 3 betar pos flop para se localizar na situacao e nao dar call, e no lado matematica e fold pois as pot odds nao oferecem chances suficientes para call.

  16. Flavio Barbosa

    Nessa situação eu arriscaria um All-in pelo seguinte motivo:
    1- Hud do Pokertracker mostra que o fold para 3Bet dele é de 100%.
    2- Acredito que um semi-blefe representando um flush faria ele foldar, mesmo que ele tenha trincado ou feito uma sequencia, levando em conta o estagio do torneio.
    3- Probabilidade que ele tenha feio flush é baixa.
    4- Mesmo que a ação de errado ficaria ainda com 23 BB

  17. Eu NAO paguaria, pois
    1- ha um flush draw na mesa, mas o oponente subiu desde o inicio. Ele nao joga com essa possibilidade;
    2-Arrisco que ele tem uça dupla alta: AA
    2- Neste caso, tenho 8 outs (2xA ou 4×9 para sequencia + 2xK para trinca). Assim, tenho 8/46 = 17%. Entao, minha chances sao aprox. 20%.
    3- A expectativa é, entao, negativa: tenho 20% de prob. de ganhar num pot de 222,000 e 80% de perder 120,000, ou seja, 0,20×222-0,80×120 = -51,600.
    Então, I fold.

  18. Lucas Amormino

    Fala Leo, parabéns pelo site. Comecei a jogar poker há pouco tempo e exercícios como estes ajudam muito pra quem tá começando.

    Apesar de já ter passado o prazo pra enviar o comentário, como não tem o vídeo com a resposta ainda, segue a análise.

    Eu FOLDARIA a mão, pelo seguinte:

    – jogaria da mesma forma que o heroi jogou até o turn. O KQ tem boa equidade contra o renge de mãos que o vilão abre pré-flop, e principlamente pelo fato de estarmos em posição. Também daria call no flop;

    – FOLDARIA no turn pelo fato de o fator de agressividade do vilão ser muiiito baixo, 0,25. Um jogador que tem 0,25 de fator de agressividade, não betaria flop e turn, fora de posição, deixando 17 BB`s pra trás numa fase final de torneio.

    – mesmo batendo o A no turn (8% de chances de isso acontecer) que nos daria o straight, ainda assim estariamos perdendo pra diversas outras mãos, tais como flush e full.

    Então, ai pra mim é FOLD.

  19. Olá Leo, vamos à minha humilde análise: A ação no preflop é bem standard. O raise do vilão em posição intermediária (mas com mesa curta) traz um range amplo e a defesa com KQ no botão é quase obrigatória. O flop vem muito conectado, o que inibe blefes em mais de duas streets, no caso do vilão ter aberto raise com pares baixos como 55►88 (air nesse caso), nesta situação de torneio, ele poderia até cbetar mas não iria para o segundo tiro. Assim a cbet de 48k num pote de 126k (38%) revela uma aposta de valor que quer o call. Aí mantemos várias mãos como as três trincas possíveis que vão cbetar sempre: TT, JJ, KK (mais díficil já que temos um K), dois pares KJ, KT, JT, e demais brodways, inclusive o nuts AQ. Quando bate a terceira carta de espadas, boa parte do range que definimos ficaria desconfortável e vulnerável. E essa aposta, agora de 120k num pote de 222k (54%), que comita o vilão ao pote mostra um grande valor mas vulnerável. Vulnerável ao flush. Ocorre que nós também não temos chance de flush como teme nosso adversário. Então, estamos perdendo para todo o range de valor, esperando que nosso, talvez insuficiente, straight se complete no river. E como tem também muitas Q no range do adversário, existe ainda a chance de arriscar o nosso stack para splitar o pote se bater um A ou 9. Portanto, se fixamos o range do vilão em mãos de valor melhores que a nossa, mas vulneráveis, cabe um raise neste turn? Minha resposta é não por que poucas mãos que estão no range do vilão foldam um raise. Trincas não foldam, combinações com o As, straight completos, flushs completos, draws melhores que o nosso… A partir dessa leitura, opto pelo fold.

  20. Ricardo Malanga

    ao Leo um grande abraço e parabens pelo novo livro
    Sobre mao,nao gosto do jeito que foi jogada,temos um stack confortavel acima da media,51 bigs o vilao esta na faixa de 26 bigs acho que a jogada certa para essa fase do torneio e com esses stacks seria um 3 bet preflop para colocar maxima pressao no stack do vilao mas ja com planos de foldar para um 4 bet ou push allin,uma vez que pagamos ,o flop nos deu top par e chance de sequencia, mas e um flop muito coordenado que em teoria acertaria o range mais do vilao e ele faz uma continuation bet de pouco mais de um terço do pot,agora vamos analizar as opçoes,aposta do vilao de 1 terço e valor ou por fraqueza?,o flop e perigoso para nos apesar de termos top par podemos estar atras de varias maos,AeQ,AA,KK,JJ,10 10,alem disso 2 cartas de espadas e nao temos nada em espadas,nao gosto de pagar aqui o certo para mim seria raise para encerrar a mao,se fosse pago ganharia uma street de graça pois o vilao daria check no turn e poderiamos dar check atras,se tomasse volta…fold,bom nosso heroi pagou e bateu mais uma carta de espadas e vilao que parece nao ter medo nem do flop coordenado nem do flush beta de novo,agora do jeito que foi jogado o certo e o fold nao da para arriscar e pagar pois o river pode ser mais 1 carta de espadas ate mesmo dando a sequencia e o vilao com o que sobrou do stack pode vir de allin,nos dando uma decisao extremamente dificil e talvez um hero call

  21. Lucas Almeida

    Bom a resposta ao meu ver na situação em que a mão foi jogada é FOLD. Eu faria diferente esta jogada, pré flop eu daria uma tribet para 120K, se o YAKI foldasse blza se ele desse call, no pós flop eu betaria 65% do pote provavelmente com uma aposta forte pós flop e um possivel flush draw ele pensaria 2 vezes antes de arriscar este draw

  22. No meu ponto de vista como ele estava deep, dava pra defender bem a mão no pre flop, o pós flop so iria induzir a continuar no game virando uma carta blank, isso dependendo dos nots e stats que ele tiver do vilão, não é pq ele acertou top par, e tem pedida pra sequencia que vai fazer ele continuar no jogo, o call dele no turn seria bem ruim, por nao ter nenhuma de espadas, e o range de mao do vilao é bem alto tipo de AT,TT,JJ,QQ,QJ,KJ,AK,AA, onde ele estaria em uma situação de risco dando esse call, miinha opinião seira o fold, como ele esta em uma semi ft nao otem pq ele da esse call, e sim esperar uma situação melhor pra que possar jogar mais agressivo, e e que se sinta mais a vontade pra da call ou reasi. Vlw Leo Belo espero que ganhe. vamooooo

  23. Salve Leo Bello,

    Estou iniciando no Poker. O Range do vilão é AT ou AJ. Se ele tivesse Flush Draw betaria o pote ou meio pote no Turn.

    A cbet não demonstrou força, ele tentou economizar fichas. Daria Raise de 360mil pois deixo ele na porta, se ele der Call coloco-o em trincas (T ou J) e o LeCell com duas pontas para sequência e um top pair.

    Não minha opinião não bate sequência, e o LeCell puxa o pote com o TopPair KK. E o vilão mostra A10 ou AJ.
    Como o LeCell não deu Raise nenhuma vez o vilão, achou estar na frente.

    Não sei analisar os dados do Poker Tracker pois não uso software.

    Abraço.

    • Acrescentando LeCell é um dos chipleader. Seria Raise 360mil ou tudo no pano. Vilão insta fold pois simulo o Flush, tenho pedida para Straight e um Top Pair.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*